• Renegociação de empréstimos com novos mecanismos

    Renegociação de empréstimos com novos mecanismos

    No último ano, a renegociação dos empréstimos ganhou um novo alento. Foi publicada legislação com o objectivo claro de facilitar o contacto entre o banco e o cliente. Entre outros aspectos, as instituições financeiras passaram a estar obrigadas a detectar sinais de risco de incumprimento e a esperar 90 dias para avançar com a resolução judicial de atrasos no pagamento das prestações de empréstimos. Se o cliente de crédito estiver em dificuldades para cumprir com o pagamento dos empréstimos que contraiu, o primeiro passo a seguir será contactar o banco. Quanto mais cedo o fizer, mais fácil poderá ser a resolução do problema. Numa situação destas, a família em incumprimento será inserida no programa PARI: Plano de Acção para o Risco de Incumprimento. Este cenário, vai obrigar o banco a olhar para a situação financeira do cliente. O Gabinete de Apoio ao Sobreendividado recomenda que este primeiro contacto seja feito apenas entre o cliente e o banco e só se houver dificuldades no processo é que se deve pedir ajuda à DECO. Em caso de descontentamento no relacionamento com o banco, o cliente pode ainda recorrer ao Livro de Reclamações. Este ano, as instituições financeiras passaram a ter um maior […]

     
  • Crédito às famílias bate máximos de dois anos

    Crédito às famílias bate máximos de dois anos

    O novo crédito às famílias e PME atingiu em Dezembro o valor mais alto em mais de dois anos. Os bancos nacionais concederam mais 855 milhões de euros de crédito em Dezembro, num movimento que foi acompanhado por uma queda transversal das taxas de juro exigidas nestes empréstimos. Face a 2012 as instituições financeiras emprestaram mais 2,6 mil milhões de euros no último ano, num sinal consistente de inflexão das condições de financiamento da economia nacional. A tendência de aumento da concessão de crédito foi sentida em todos os segmentos. A maior fatia pertenceu no entanto às grandes empresas, cujo montante total atingiu os 3.024 milhões de euros em Dezembro, mais 523 milhões face ao mês anterior, segundo os dados revelados hoje pelo Banco de Portugal. Já as pequenas e médias empresas viram o seu financiamento aumentar em 215 milhões de euros, para 1.800 milhões em Dezembro, o valor mais alto em dois anos. A maior surpresa veio no entanto do crédito a particulares, que aumentou para o valor mais elevado desde 2011, sinalizando que a melhoria das condições de financiamento está a começar a estender-se também ao segmento das famílias. Os bancos emprestaram em Dezembro 211 milhões de euros […]

     
  • Seguros de protecção financeira

    Seguros de protecção financeira

    Num contexto económico como o actual, honrar os compromissos financeiros em caso de perda abrupta de rendimentos é a mais-valia oferecida pelos Seguros de protecção financeira. Este tipo de seguros começam a fazer mais sentido para as famílias portuguesas. Eram já os vários produtos existentes no mercado como os de proteção ao crédito, garantindo que o pagamento das prestações contratadas junto de uma instituição financeira não deixava de ser liquidado em caso de desemprego involuntário ou invalidez, que impedisse o subscritor de honrar os seus compromissos financeiros. Agora, os seguros de proteção financeira começaram a assegurar outros pagamentos, que os seus subscritores assumem habitualmente com regularidade e que cujo eventual incumprimento poderia pôr em causa a utilização de determinado bem ou serviço por ele considerado relevante. Este tipo de seguros asseguram o pagamento da conta da eletricidade, da água, do gás ou do telefone em caso de perda involuntário do rendimento. Proporcionar aos subscritores uma almofada financeira que lhes permita não interromper o fornecimento ou usufruto de bens ou serviços que considerem essenciais para o seu quotidiano é a principal missão dos seguros de proteção financeira, que habitualmente cobrem a perda de rendimento durante 6, 12 ou 24 meses. Da […]

     
 

Recomendado

 
 
 
 
 
 

Comentários recentes

  • luis jesus: preciso de ajuda financeira mas tenho problemas bancairos c…
     
  • renata: Oi estou avisando que essa empresa Factoring é mentira eles…
     
  • angelo: como posso ter um emprestimo sem ter pagar antecipado …
     
  • ana paula gomes: gostaria de obter um credito mas como tenho problemas com o …
     
  • FILIPE FERREIRA: como conseguir credito com problemas bancarios …